Conheça 10 Novas Regras Amorosas No Mundo Virtual

18 May 2019 06:02
Tags

Back to list of posts

<h1>Conhe&ccedil;a dez Novas Regras Amorosas No Mundo Virtual</h1>

<p>Da REDA&Ccedil;&Atilde;OEsque&ccedil;a tudo o que voc&ecirc; sabe sobre o assunto paquerar em m&iacute;dias sociais como Twitter e Facebook. Se antes delas voc&ecirc; se perguntava &quot;Por que ele n&atilde;o me ligou no dia seguinte?&quot;, hoje as quest&otilde;es mudaram para &quot;Em quanto tempo devo responder um torpedo?&quot; ou ainda &quot;J&aacute; posso adicion&aacute;-lo no Facebook?&quot;.</p>

<p>Para explicar as outras maneiras de relacionamento no mundo virtual, a dupla de consultoras em relacionamento Ellen Fein e Sherrie Schneider lan&ccedil;ou o livro &quot;As regras mudaram - o carinho no universo virtual&quot; (Ed. Pras especialistas, best-sellers na d&eacute;cada de noventa com o livro &quot;As trinta e cinco regras para tomar o homem excelente&quot;, os fundamentos s&atilde;o descomplicado e precisas: &quot;Preservem-se longe do Facebook dele&quot;, &quot;fique invis&iacute;vel&quot; ou &quot;improvavelmente escreva no mural dele&quot;. Como por exemplo: quem tem entre 18 e 22 anos, o tempo m&iacute;nimo para resposta &eacute; de trinta minutos. Agora a partir de 31 anos, este tempo sobe pra tr&ecirc;s horas.</p>
<ul>
<li>59 &quot;Toda humanidade Odeia Gretzky (1986)&quot;</li>
<li>Escove os dentes, procure n&atilde;o andar por a&iacute; com mal h&aacute;lito</li>
<li>“Saudade de voc&ecirc;.”</li>
<li>Ela &eacute; embaixadora da Sensacional Desejo pelo Programa das Na&ccedil;&otilde;es Unidas pelo Desenvolvimento</li>
<li>1 vela</li>
</ul>

<p>Meu marido e eu &eacute;ramos s&oacute;cios numa corpora&ccedil;&atilde;o e, com a separa&ccedil;&atilde;o, ficou comigo. Passei a me usar s&oacute; a isto, ao servi&ccedil;o. Deste jeito Voc&ecirc; Deseja Alinhar Namorado? reservada e exigente, foi ap&oacute;s dois anos que me envolvi mais uma vez com uma pessoa. At&eacute; que foi f&aacute;cil, em raz&atilde;o de ele tinha delicadeza, e eu buscava gente assim sendo.</p>

<p>Mas, no decorrer de cinco anos, a conex&atilde;o se desgastou, um come&ccedil;ou a descobrir que era dono do outro. E eu, claramente, n&atilde;o queria mais ningu&eacute;m pegando no meu p&eacute;, querendo mandar em mim. As redes sociais me ajudaram muito nessa fase. Minha exist&ecirc;ncia era de casa pro trabalho, do trabalho pra moradia. E passava os finais de semana no meio dos livros. Pela web, conheci um grupo de mulheres, quase todas separadas, que me apoiaram. Pra recuperar a autoestima fui com elas fazer aula de dan&ccedil;a.</p>

<p>Em meu anivers&aacute;rio de cinquenta e cinco anos, dancei um tango e, ali, senti a altera&ccedil;&atilde;o. Antes eu era muito contida, guardava todos os sentimentos. Dez Simpatias Para Parelhar Namorado No S&atilde;o Jo&atilde;o a botar para fora minha sensualidade gra&ccedil;as &agrave; sensibilidade do tango. Em 2010, mais uma vez na internet, reencontrei aquele velho carinho no Facebook! Como resido em Curitiba e ele em Encantador Horizonte, durante quatro anos a gente s&oacute; se dialogou.</p>

<p>Em janeiro do ano anterior, marcamos de nos encontrar no cal&ccedil;ad&atilde;o de Copacabana, no Rio de Janeiro, e foi deslumbrante! Em vista disso que bati os olhos nele, n&atilde;o tive nenhuma apreens&atilde;o, me senti supersegura. Em vista disso, aos 60, voltei a namorar e &agrave; dist&acirc;ncia! Hoje, entendo exatamente quem sou e o que pretendo. Acho que este formato de liga&ccedil;&atilde;o s&oacute; &eacute; poss&iacute;vel j&aacute; que estou madura. “Conheci meu ex-marido pela inf&acirc;ncia, na mesma igreja que nossos pais frequentavam. Namoramos por em torno de 5 anos e, quando eu tinha 23, casamos.</p>

<p>Por um tempo, fomos felizes, entretanto sempre com diversos conflitos. Hoje acredito que, inconscientemente, meu casamento tem a ver com meu pai. As trinta e oito Pessoas Mais Burras Do Mundo m&atilde;e morreu no momento em que eu tinha 7 anos e ficamos s&oacute; ele e eu. Naturalmente, havia uma liga&ccedil;&atilde;o emocional extenso entre n&oacute;s e ele se preocupava com meu futuro.</p>

<p>Casar foi uma maneira de tranquiliz&aacute;-lo, sobressair que eu estava encaminhada. Quando ele morreu, h&aacute; quase 5 anos, foi um baque. Vi a exist&ecirc;ncia indo mesmo que e me deu um estalo: preciso ser feliz, a exist&ecirc;ncia acaba! No casamento, eu estava esgotada e s&oacute; pensava em me mudar para continuar em paz, sem guerras.</p>

<p>Ainda desse modo, demorei quase um ano pra tomar coragem de me soltar. Site De Relacionamento Com Estrangeiros Ricos , quando falei “&eacute; hoje”, n&atilde;o senti p&acirc;nico. O apoio de algumas pessoas foi fundamental, no entanto garanto que a gente consegue se virar. Para mim, a separa&ccedil;&atilde;o n&atilde;o foi deprimido, porque estava muito melanc&oacute;lico em casa.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License